+A-A
Frases do mês
"Os homens semeiam na terra o que colherão na vida espiritual: os frutos da sua coragem ou da sua fraqueza."
(Allan Kardec)

Mensagem espiritual do mês Jesus Te Ama!
Você já deve ter ouvido e/ou lido muitas vezes a frase: "Jesus Te Ama"!
É uma frase tão usada, tão falada, tão escrita, tão divulgada... Mas você já parou para pensar no significado dessa frase? Tudo bem... você já sabe que Jesus te ama, não sabe? Sabe? Sabe mesmo? Por que Jesus te ama? Você sabe?

Jesus te amou antes da fundação do mundo! Antes que você existisse, Jesus te amou. Ele te amou sendo completamente Deus e completamente homem. Jesus te ama tanto, que morreu por você!!! Ele não morreu por você sendo "Deus". Ele morreu por você sendo "homem". Ele viveu por você, Ele sofreu por você. Por amar você,.. Quando você nem havia nascido. Ele te amou... Ele te ama!!!

Mas... por que tudo isso???? Por que tanto amor, por que tanto sofrimento, por que foi preciso que Jesus morresse por você?

Para você ter vida! Mas não essa sua vida que você vive. Mas para você ter vida eterna.
Ele sofreu, o que era para eu e você termos sofrido em Seu lugar. Ele deu a vida dEle, para que você tenha vida!

Agora você consegue entender por que Jesus te ama? Não... não há argumento, não há explicação, sempre vamos perguntar "mas porquê?"

O amor de Jesus por você, é um amor tão grande, mas tão grande, que a Bíblia - que é a Palavra de Deus - diz que esse amor excede todo entendimento.

Não tente entender o amor de Jesus por você! Apenas VIVA esse amor!!! Quem mais te amaria dessa forma? Seus pais? Seu companheiro(a)? Você mesmo?
Ele - Jesus Cristo - te ama muito mais!
É ÚNICO em Amor, em Excelência e em SALVAÇÃO!
No amor de Jesus, há Salvação. Muitos outros podem até amar .... mas nenhum outro pode te SALVAR!

Vem cá... Algum outro morreu e ressucitou?

Jesus te ama tanto, a ponto de morrer por você, para te SALVAR! Ele morreu por você sim!! Mas Ele ressucitou. E hoje Ele VIVE!!!
E está pronto para te receber...

Entregue sua vida, seu coração, seus caminhos, seu amor, para Jesus,.. Faça valer a pena sua vida! Você vive para quê? Você veio de onde? Você vai para onde?

Deus te abençoe!

Texto motivador do mês Construindo Pontes
Dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito.

O que começou com um pequeno mal-entendido, explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio.

Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem à sua porta.

- Estou procurando trabalho. Sou carpinteiro. Talvez você tenha algum serviço para mim.

- Sim, disse o fazendeiro. Claro! Vê aquela fazenda ali, além do riacho? É do meu irmão mais novo.

Nós brigamos e não posso mais suportá-lo. Vê aquela pilha de madeira ali no celeiro? Pois use para construir uma cerca bem alta.

- Acho que entendo a situação, disse o carpinteiro. Mostre-me onde estão a pá e os pregos.

O irmão mais velho entregou o material e foi para a cidade.

O homem ficou ali, trabalhando o dia inteiro.

Quando o fazendeiro chegou, não acreditou no que viu: em vez da cerca, uma ponte foi construída ligando as duas margens do riacho. Era um belo trabalho, mas o fazendeiro ficou enfurecido:

- Você foi atrevido construindo essa ponte depois de tudo que lhe contei!

Mas, ao olhar novamente para a ponte, viu o seu irmão se aproximando de braços abertos. Mas permaneceu imóvel do seu lado do rio. O irmão mais novo então falou:

- Você realmente foi muito amigo construindo esta ponte mesmo depois do que eu lhe disse.

De repente, o irmão mais velho correu na direção do outro e abraçaram-se no meio da ponte.

O carpinteiro começou a fechar a sua caixa de ferramentas.

- Espere, fique conosco! Tenho outros trabalhos para você! E o carpinteiro respondeu:

- Eu adoraria, mas tenho outras pontes a construir...

Como as coisas seriam mais fáceis se parássemos de construir cercas e construíssemos pontes com nossos semelhantes e principalmente nossos inimigos...

Muitas vezes desistimos de quem amamos por causa de mágoas e mal-entendidos.

Deixemos isso de lado. Ninguém é perfeito, mas alguém tem que dar o primeiro passo.

A educação brasileira, que em outros contextos históricos era muito mais precária, hoje apresenta avanços significativos no que diz respeito a fatores como infra-estrutura, formação de professores, material didático, inovações tecnológicas, entre outros aspectos que deveriam favorecer a aprendizagem. Mas, apesar dos investimentos e incentivos, os dados de aprendizagem obtidos através de avaliações como: SAEB SPAECE, ENEM, entre outros, apontam resultados que não condizem com os esforços governamentais e os investimentos feitos na área.

O ensino ofertado em nossas escolas públicas não tem conseguido dar conta dos aspectos mais básicos e primordiais da aprendizagem, como aquisição de leitura e escrita, por exemplo.

É comum ouvir de professores queixas do tipo: os meninos de hoje não lêem, decodificam; os alunos chagam ao final do ensino médio sem compreender o que lêem e sem saber fazer uma redação; o aluno não consegue resolver um problema simples de matemática porque nem entender o problema ele consegue. Ou seja, o aluno não está mais aprendendo a ler e a escrever. Está chegando ao final da Educação Básica com deficiência séria nessa área. Sendo assim, todas as outras áreas do conhecimento ficam comprometidas uma vez que ele nem sabe escrever nem compreende o que lê. Embora pareça determinismo demais falar dessa forma, os dados de desempenho em leitura e escrita apontam para essa conclusão.

Se na Europa, cujo contexto social, econômico e cultural, difere, ao extremo, do nosso, a situação já se mostra preocupante, o que dizer no caso brasileiro? Segundo dados do PISA apresentados por Cecília Braslavsky no texto intitulado Diez factores para uma educación de calidad para todos em El siglo XXI , 13% dos jovens e adolescentes europeus não compreende o que lê. No Brasil os dados são ainda mais inquietantes.

Nesse contexto o município de horizonte inova ao criar dois projetos com foco na leitura e escrita para os anos iniciais do Ensino Fundamental: projeto Lendo Você Fica Sabendo, e Projeto Vivenciando a leitura e a escrita.

Embora consideremos louváveis ações dessa natureza, que visam à melhoria da qualidade educacional, esses projetos apresentam características que nos levam a analisá-los como verdadeiras “camisas de força” para os docentes daquela cidade.

Trabalhando com uma “formação continuada” baseada na instrumentalização e “adestramento” dos professores, a consultoria pedagógica Aprender, responsável pela idealização e execução dos dois projetos limita o trabalho dos professores à aplicação de “receitas prontas” de como executar uma aula. Não cabe mais aos professores, planejar, pensar estratégias para ensinar, enfim, pensar e elaborar sua aula. Cabe-lhes agora executar uma aula que já vem determinada minuto a minuto, como pode ser observado pela análise das rotinas pedagógicas.